• Redação Mário Sorrentino

Seap reforça combate ao novo coronavírus com desinfecção de viaturas


A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) está desinfetando todas as viaturas do Sistema Penitenciário como forma de prevenir e combater o coronavírus. Para isso, adquiriu atomizadores com tanque químico de 20 litros e alcance do spray de 21 metros. Os equipamentos estão sendo utilizados por policiais penais treinados. 


Esta é mais uma ação que a Seap vem realizando entre as medidas preventivas, oferecendo mais segurança aos policiais penais e aos apenados que precisem ser transferidos nas viaturas. A medida consta no Plano de Contigência para o novo coronavírus (Covid-19) no Sistema Penitenciário da Paraíba, que vem sendo cumprido rigorosamente, de acordo com o que estabelece decretos do Governo do Estado de situação de emergência e de calamidade pública; decreto do Ministério da Saúde e declaração da Organização Mundial de Saúde.


O secretário da Seap, Sérgio Fonseca de Souza, destacou a importância das medidas preventivas adotadas no Sistema Penitenciário, a exemplo da desinfecção de viaturas. “É mais uma ação da Secretaria no combate à Covid-19. A gente já vinha realizando esse combate desde a suspensão das visitas, a confecção das máscaras, a higienização dos ambientes e estamos ampliando as ações agora higienizando de maneira mais ágil e eficiente todas as viaturas do Sistema Penitenciário. Queremos proteger os nossos policiais penais e também os apenados que são transferidos nas viaturas”, afirmou.


Sérgio Fonseca explica que o Plano de Contingência da Seap está em plena execução e objetiva padronizar as ações para detecção precoce de casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus, bem como informar sobre medidas de precaução, prevenção, detecção e enfrentamento da Covid-19. O público-alvo são os servidores, incluindo os policiais penais, profissionais das equipes de Saúde do sistema e diretores das unidades prisionais, além dos apenados.

“Uma das principais medidas foi o decreto do governador suspendendo as visitas dos familiares aos apenados. Nós acreditamos que essa medida foi fundamental”, avalia o secretário.


Com a liberação, pela Vara da Execução Penal de João Pessoa, de presos do regime da Penitenciária de Segurança Média “Hitler Cantalice”, parte da unidade foi adaptada para receber reeducandos com possíveis sintomas da doença.


Uma outra medida é a produção de máscaras para proteção individual dos policiais penais e demais funcionários do Sistema Penitenciário. As quatro unidades femininas – Júlia Maranhão, na Capital, presídios de Patos e Campina Grande, além da cadeia pública de Cajazeiras, estão fabricando máscaras com mão de obra das reeducandas. A produção abastece as 79 unidades e parte das máscaras também é destinada a instituições parceiras. 


“Todos os nossos policiais penais trabalham devidamente protegidos por equipamentos de proteção individual, além de ações de higienização de ambientes”, afirmou o secretário. A Seap produz ainda água sanitária e outros desinfetantes.




#seap #coronavirus #secretaria

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco