• Redação Blog Mário Sorrentino

Primeira parcela do Auxílio Emergencial pode sair no dia 18 de março; veja quem pode


A PEC Emergencial tem grande expectativa de ser votada nesta quarta-feira (03) e, após isso, será necessário declarar quais serão os dias e calendários para o recebimento.


O Governo Federal deve injetar cerca de R$ 40 bilhões na economia. As parcelas do auxílio emergencial já são quase certas: quatro delas no valor de R$ 250, totalizando o valor final de R$ 1000.


Caso seja aprovada elo Congresso, o auxílio emergencial pode estar disponível para a população já no dia 18 de março, conforme informou o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).


Além disso, um outro ponto a ser lembrado é o fato de que os beneficiários do Bolsa Família possam participar da nova rodada. Desta vez, os Microempresários individuais não poderão concorrer à próxima leva.



Outro ponto de destaque é o Imposto de Renda: todos aqueles que receberam mais de R$ 22.847,76 (contando com o benefício), devem fazer a declaração para que devolvam o valor de forma integral.


O programa vai liberar uma GRU que pode ser paga sem a cobrança de juros ou multas. Caso isso não ocorra, o cidadão pode ser processado por estelionato.


Auxílio emergencial e a PEC emergencial


A PEC Emergencial visa realizar os cortes do governo para que haja condições de pagar uma nova parcela do benefício. Para isso, os investimentos em educação e saúde devem diminuir nos próximos anos e acreditam que consigam recuperar esse valor em uma década.


O objetivo de Paulo Guedes era de criar um imposto para que a própria população financiasse a nova leva, mas a medida não foi bem aceita.


Após isso, foi sugerido o corte do salário dos servidores em 25%. Entretanto, a medida poderia causar a diminuição do PIB em até 1,4%. O planejamento foi, assim como o anterior, descartado.


Valor


O Governo Federal liberou um novo passo a passo para o beneficiário que deseja tirar dúvidas ou consultar informações relacionadas aos pagamentos do auxílio emergencial. Para isso, basta ter em mãos o seu CPF para que o processamento seja feito pela Dataprev.



O auxílio emergencial tem grande expectativa de ser pago com valor de R$250 mensais por um período de quatro meses, ou seja, com 4 parcelas, conforme já informou o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).


Além da consulta, uma cartilha contendo informações sobre como o cidadão pode verificar sua situação em relação ao benefício também foi disponibilizada.


Outra forma de consultar o saldo disponível para movimentação, pagamentos, saques e transferências é por meio do aplicativo Caixa Tem, que pode ser instalado em sistema Android e iOS.





Fonte: NotíciasConcurso

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco