© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Redação

Primeira-dama participa de Seminário Paraibano do Artesanato em Campina Grande



A primeira-dama e presidente de honra do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), Ana Maria Sales Lins, participou, nesta quinta-feira (21), em Campina Grande, do Seminário Paraibano do Artesanato. O evento, que foi aberto na quarta-feira (20) pelo governador João Azevêdo, na Capital paraibana, será encerrado nesta sexta-feira (22), em Patos, no Sertão do Estado.


O seminário é uma realização do Programa de Artesanato da Paraíba com a parceria do Sebrae Paraíba, da Federação dos Artesãos da Paraíba (Fasart), do Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac), da empresa Net Eventos e Montagens, da empresa Anno Domini Consultoria e Treinamento e da Prefeitura Municipal de Patos.


A primeira-dama parabenizou os artistas pelo Dia do Artesão, comemorado na última terça-feira (19), e assegurou o empenho do Governo para potencializar a atividade na Paraíba. “Nós reafirmamos a nossa missão de trabalhar para fortalecer o artesanato no nosso Estado e garantir aos artesãos condições de trabalho e de novas oportunidades”, garantiu.


A gestora do PAP, Marielza Rodriguez, falou da importância da regionalização do evento e comemorou o grande público. “Artesãos do Agreste, do Brejo, do Curimataú e do Cariri marcaram presença em Campina Grande, entendendo o esforço do Governo para que eles tenham acesso à capacitação, fazendo com que eles fiquem antenados com as diretrizes e estratégias da gestão para o segmento. Nosso intuito é de que todo artesão receba as orientações que temos de passar a eles”, declarou.


A secretária de Desenvolvimento e Articulação Municipal, Ana Claudia Vital do Rêgo, reforçou o aspecto do empreendedorismo na atividade artesanal e falou da expectativa para a realização do Salão de Artesanato de Campina Grande durante o período junino. “O Governo do Estado tem o compromisso de fortalecer, por meio do diálogo e da troca de experiência, esse trabalho tão importante que os artesãos realizam. Como o governador João Azevêdo disse, nós não teremos apenas o maior São João do mundo, mas teremos também o maior e melhor Salão de Artesanato do mundo”, frisou.


A presidente da Fasart, Miriam Rodrigues, disse que o evento é fundamental para o crescimento profissional dos artesãos. “Nós estamos construindo uma nova história e conquistando novas parcerias; esse é o reconhecimento do trabalho do artesão na Paraíba”, pontuou.


O gerente da agência do Sebrae em Campina Grande, João Alberto, enalteceu a parceria entre a instituição e o Governo para fortalecer a atividade no Estado. “Acolher esse público é importante para o refinamento e planejamento de ações conjuntas e, este ano, estamos investindo em grandes apoios e incentivos para o artesanato, dando dicas sobre capacitação, produção e atendimento ao cliente”, completou.


No segundo dia do seminário, foram ministradas as palestras “O poder da ação - como um artesão pode movimentar um negócio de sucesso”, com o coaching Isaac Holanda; “O artesão na era da transformação digital”, com a técnica do Sebrae, Ingridt Milena; e “Comercialização Sustentável para Artesanato - o caso de sucesso da Feira de Artesanais da Colômbia”, com a empresária Maysa Gadelha.


“Esse é um momento de fazer com que o artesão compreenda a responsabilidade dele em seu negócio e na cultura que ele fomenta no Nordeste e no Brasil; é preciso agir e fazer acontecer. Espero que todas as informações e recursos apresentados no seminário sejam colocados em prática para que a economia do Estado se fortaleça ainda mais, com investimentos no empreendedorismo inteligente e estratégico, resultando em negócios lucrativos e valorização da cultura”, avaliou o palestrante Isaac Holanda.


A artesã Núbia Lima, que integra a Associação “Boneca Esperança”, elogiou a ação do Governo do Estado. “Esse evento é muito importante para a nossa associação porque ajuda a dinamizar o nosso trabalho”, relatou.


O artesão João Silva, que trabalha com a tipologia couro, falou que o seminário é uma oportunidade para aperfeiçoar seu trabalho. “Eu vim em busca de conhecimento, esclarecimentos e saber o que há de novo no mercado com a perspectiva de participar do Salão de Artesanato em junho”, falou.


O Programa de Artesanato da Paraíba, da Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico (Setde), tem por missão promover o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva do artesanato com ligação direta com a economia criativa e o turismo, preservando a cultura do Estado e estimulando o empreendedorismo do artesão.


Salão de Artesanato de Campina Grande – Durante o seminário realizado nesta quinta-feira na Rainha da Borborema, a gestora do PAP, Marielza Rodriguez, anunciou que o Salão do Artesanato Paraibano será realizado na cidade entre os dias 12 e 30 de junho, no Museu de Artes Assis Chateaubriand, e irá homenagear as labirinteiras do Agreste e do Brejo da Paraíba. A Vila Junina também será abrigada no local e irá apresentar atrações folclóricas aos visitantes.


Secom-PB

Fotos: André Lúcio