google-site-verification=x12ECGCyA0KNTkoWmjRcJ_j75nXlJ8lrVJTTDnmc1zI
 

Prefeitura de JP entrega mais de duas mil cestas básicas a 12 instituições sociais da Capital

Atualizado: Jul 2


Pessoas em situação de vulnerabilidade atendidas por 12 instituições sociais da Capital vão poder contar com alimento na mesa. São 2.250 famílias beneficiadas pelo programa Procon-JP Solidário, da Prefeitura de João Pessoa, que reverte processos administrativos com grandes empresas junto ao Procon Municipal em cestas básicas para ajudar a quem precisa durante a crise econômica provocada pela pandemia.


“Esse é um olhar de solidariedade. Desde os mutirões da vacina estamos incentivando as doações de alimentos e agora o Procon também encontra uma forma de arrecadar e levar isso a quem mais precisa. Queremos tornar esta uma prática de gestão para fazer dessa cidade mais justa, humana e solidária”, declarou o prefeito Cícero Lucena, que esteve acompanhado da primeira-dama e madrinha do programa, Lauremília Lucena.


Os alimentos não perecíveis são resultado da atuação da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor com a conversão de processos administrativos em alimentos para doação. O programa já recebeu mais de 4 mil cestas básicas e, após a assinatura do Termo de Compromisso e de Ajustamento de Conduta (TAC) com outras empresas, deverá ultrapassar as 12 mil nesta primeira fase do Programa.


“Transmutar as multas em alimentos é uma forma de minorar a situação dessas pessoas que estão sem poder trabalhar e sem trazer qualquer prejuízo ao Município já que são processos sem multa consolidadas e sem inscrição na dívida ativa”, explicou o secretário Rougger Guerra.


O vice-prefeito Leo Bezerra destacou que a gestão tem a missão de enfrentar a crise. “O comércio pede socorro, as pessoas pedem socorro e o que estamos vivenciando hoje é uma amostra do amor e do respeito que temos pelas pessoas e do compromisso que temos de fazer o melhor por elas. Este é um projeto que tem carinho e que tem suor porque é fruto de muito trabalho”, declarou. Ainda estiveram presentes o vereador Milanez Neto e o secretário municipal da Cidadania e Direitos Humanos, João Corujinha.


Em recente celebração de TAC com a Samsung, 1.636 cestas básicas puderam ser doadas aos beneficiários. Outra empresa que já assinou o Termo de Compromisso foi a Itaú Unibanco S/A.


Contemplados – As instituições que receberam as cestas para repasse à população vulnerável foram a Associação dos Ambulantes, a Associação dos Taxistas, a ONG Prolegelus, a Associação dos Catadores, a Arc – Ações Solidárias e o Centro de Ação Social e Comunitário (Casc). Também foram contempladas a Arquidiocese da Paraíba, a Primeira Igreja Batista, a Assembleia de Deus Madureira, a Assembleia de Deus Central, a Igreja Batista Miramar e a Igreja Betel Brasileiro.


“Essa solidariedade promovida hoje pela Igreja, caridosa, que teve essa concretização do amor cristão para com os seus irmãos e filhos mais sofridos. Que beleza poder participar desta partilha. Só temos a dizer muito obrigado!”, afirmou o representante da Arquidiocese da Paraíba, Monsenhor Robson.


Distrito e Mandacaru – A distribuição das cestas básicas foi iniciada no último dia 19 de maio às famílias do Distrito Industrial e, na sexta-feira (20), os moradores das localidades do Alto do Céu, Beco de Zé Borges e Beco da Ladeira, em Mandacaru. Novo site: www.sorrentinonoticias.com.br