• Redação Mário Sorrentino

Polícia Militar participa do I Encontro Nacional de Rondas, Patrulhas e Guardiãs Maria da Penha



Nesta semana, entre os dias 23 e 25, ocorreu em Salvador/BA o 1° Encontro Nacional das Rondas, Patrulhas e Guardiãs Maria da Penha. A Polícia Militar da Paraíba teve como representante a comandante da Patrulha Maria da Penha do estado, a capitã Dayana Cruz. O evento apresentou como objetivo principal a necessidade de alinhar ações no enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, estabelecendo padronização nacional de atuação.


O encontro foi uma iniciativa da Polícia Militar da Bahia (PMBA), em parceria com o Instituto Avon e o Ministério da Justiça e Segurança Pública, através da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Mesmo em sua primeira edição, contou a participação de representantes de 16 estados brasileiros: Alagoas, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.


“A participação no evento foi de grande relevância para a consolidação da Patrulha Maria da Penha na Paraíba. Vale ressaltar que além das diversas experiências apresentadas, tivemos a possibilidade de colaborar na construção das diretrizes nacionais para implantação e implementação de outras patrulhas no Brasil. Em suma, foi um momento de mútuo crescimento e partilha”, comentou a capitã Dayana.


Mafoane Odara (coordenadora do Instituto Avon), capitã Dayana Cruz e major Denice Santiago (PMBA)

O evento trouxe questões sobre atendimentos de ocorrências, análise de protocolos em utilização nas diversas iniciativas, atuações das Patrulhas no Brasil com a exposição de boas práticas e minuta de uma diretriz nacional.


Decreto – O Programa Integrado Patrulha Maria da Penha foi instituído por meio do Decreto n° 39.343, de 08 de agosto deste ano, por meio de um Termo de Cooperação Técnica entre o Tribunal de Justiça e Governo do Estado. As ações em conjunto são desenvolvidas pela Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana em parceria com a Secretaria de Segurança e Defesa Social (Sesds), por meio da Polícia Militar, Polícia Civil, Coordenação das Delegacias Especializadas de Mulheres e o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB).




#pm #mariadapenha

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco