© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Redação

Paraíba apresenta ações de prevenção e combate ao coronavírus em reunião do Conass



As ações de prevenção e combate ao coronavírus na Paraíba foram apresentadas ao Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), durante reunião em Brasília, nesta quarta-feira (5). Na ocasião, o secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, falou sobre as unidades de referência para o tratamento de possíveis casos, sendo esta a preocupação no momento. O encontro contou com a participação do secretário da Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Kléber de Oliveira, e secretários de saúde de todo o Brasil.


Medeiros ressaltou o trabalho da equipe da Gerência Executiva de Vigilância Epidemiológica e pontuou que no dia 21 de janeiro aconteceu a primeira web conferência com os técnicos do Ministério da Saúde, adiantando que já foram emitidas duas notas técnicas para os secretários municipais. Ele comunicou, ainda, que equipes de Vigilância em Saúde estão adentrando o interior da Paraíba, trabalhando em municípios como Campina Grande e que, em breve, seguirão para o Sertão.


Ele elencou as três unidades de referência para o tratamento de possíveis casos de coronavírus: “Temos o Complexo Hospitalar Clementino Fraga com 18 leitos em João Pessoa, o Hospital Universitário Lauro Wanderley com um leito de isolamento de UTI e dois leitos na disciplina de doenças infectocontagiosas também na capital e o Hospital Universitário Alcides Carneiro também com um leito de isolamento de UTI e dois leitos na disciplina de doenças infectocontagiosas em Campina Grande”.


Para o secretário de saúde, a preocupação, no momento, é com relação ao tratamento. “De 25% a 30% dos pacientes requerem internação hospitalar. Apesar de não termos ideia da dimensão desse fluxo, é necessário nos precaver com relação aos respiradores e a possibilidade de utilização de oxigenação por membrana extracorpórea, porque só assim poderemos salvar a vida das pessoas”.


Geraldo Medeiros também comentou sobre a divulgação massiva em meios de comunicação. “Tivemos entrevista coletiva com toda a imprensa, estamos repassando diariamente as finalizações das reuniões realizadas às 16h com o Ministério da Saúde”, disse.


Ainda em Brasília, o secretário se reuniu com o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), general Oswaldo de Jesus Ferreira, e firmou parceria de uso do modelo de software já existente na instituição, que trará mais celeridade à informatização da Rede Hospitalar Estadual da Paraíba.




#virus #coronavirus #reuniao #conass