© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

O Senador Veneziano Vital comemora avanço da pauta municipalista no Congresso



O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) comemorou nesta sexta-feira (12), em pronunciamento, a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 61/2015 que simplifica o repasse das emendas individuais ao Orçamento para municípios e estados. Aprovada com alterações na terça-feira (9) pelo Senado, a PEC voltou para a Câmara. Para o parlamentar, o Congresso tem discutido de forma cuidadosa e responsável as iniciativas que fazem parte da pauta municipalista.


Ele também reforçou apoio à PEC 34/2019, que determina a execução obrigatória de emendas de bancada, ao ressaltar sua importância para que o Orçamento da União seja executado como foi estipulado pelo Legislativo. A proposição, como informou o senador, deve ser votada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara na próxima semana.


Sobre o Governo Bolsonaro


Veneziano considera o período de 100 dias curto para fazer cobranças ao governo de Jair Bolsonaro, mas avalia que esses primeiros três meses foram perdidos. Ele justificou a afirmação por considerar que o chefe do Executivo deixou de se cobrar, de se aprofundar e apresentar caminhos para áreas essenciais ao desenvolvimento do país como educação, saúde, segurança e relações exteriores. Para Veneziano, Bolsonaro não estava preparado e consciente para assumir o cargo de presidente da República.


— Nós não podemos improvisar nessas áreas. Nós não podemos improvisar em educação. Não nos é dado o direito de improvisar na área de saúde; não nos é permitido, por hipótese alguma, falar improvisadamente sem conceitos, sem métodos, sem uma análise científica sobre segurança pública. Não é possível que nós falemos com achismos sobre relações entre o nosso país e comunidades estrangeiras — criticou.




(Fonte)


#veneziano #senador #senado #governo #bolsonaro