• Redação Mário Sorrentino

'Nunca ameace a nação iraniana', diz presidente do Irã



O presidente do Irã, Hassan Rouhani, respondeu nesta segunda-feira (6) à ameaça feita pelo presidente americano, Donald Trump, de atingir 52 alvos iranianos se o país retaliasse a morte do general Qassem Soleimani.


"Quem se refere ao número 52 também deve se lembrar do número 290. Nunca ameace a nação iraniana", escreveu Rouhani no Twitter.

Em seu comentário, Rouhani citou o número de mortos quando um voo de uma companhia aérea iraniana foi derrubado, em 1988, por um míssil americano. Entre os 290 mortos, estavam 66 crianças.


Nesto sábado (4), Trump disse que os Estados Unidos tinham sob sua mira 52 alvos iranianos que seriam atingidos caso o Irã atacasse alvos americanos para se vingar da morte do general Soleimani. O militar iraniano foi morto na quinta-feira (2), em um ataque aéreo americano em Bagdá, no Iraque.


O número 52, por sua vez, é uma referência aos reféns feitos pelo Irã, em 1979, quando um grupo de estudantes universitários iranianos tomou a embaixada americana em Teerã. Os reféns, que eram cidadãos americanos – alguns deles diplomatas – ficaram detidos por 444 dias.

A morte de Soleimani intensificou a crise entre Estados Unidos e Irã: desde então, líderes dos dois países vêm trocando ameaças, a mais recente delas a declaração de Rouhani. O programa nuclear iraniano também voltou ao centro das discussões depois que o país anunciou, no domingo (5), que não limitaria mais o nível de enriquecimento de urânio que faz.


O Irã havia concordado em limitar esse enriquecimento com um acordo nuclear firmado em 2015, mas decidiu não respeitar mais essa restrição depois da morte do general.




(Fonte)


#trump #ira #eua #presidente

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco