• Redação Mário Sorrentino

João Azevedo garante boa relação com o novo presidente da ALPB Adriano Galdino



A eleição do deputado Adriano Galdino (PSB) também para o segundo biênio na presidência da Assembleia legislativa deixou a base governista estremecida, uma vez que, o colega Hervázio Bezerra (PSB) era dado como certo, o segundo presidente da Casa.


Ao tomar conhecimento do resultado, o governador João Azevedo (PSB), disse que houve quebra de acordo referendado pela base governista.


“A base do Governo honrou o compromisso que tinha. Nós referendamos dois nomes para Assembleia, que foi o nome de Adriano e de Hervázio. No primeiro biênio a base inteira votou para eleger o deputado Adriano e no segundo biênio os deputados entenderam que deveriam fazer alteração. Foi uma quebra de acordo feito anteriormente, entretanto, cabe à Assembleia decidir seu próprio destino”, avaliou Azevedo.


Tudo começou com a desistência do deputado Tião Gomes (Avante) para presidente do Poder Legislativo. Os deputados da base governista, tiveram que escolher entre Galdino, indicado por Tião em detrimento de ter a vice-presidência assegurada e o ex-líder do governo, Hervázio Bezerra.


O resultado terminou sendo favorável a Galdino, que ganhou a segunda Mesa com 23 votos contra 13 e com isso acabou quebrando o acordo, fato alegado pelo próprio governador João Azevedo, que esteve em reunião ontem, com Hervázio e Galdino.


Apesar da quebra de acordo, João Azevêdo garantiu, que não haverá qualquer alteração em sua relação com a Assembleia Legislativa provocada pela eleição de Adriano Galdino para presidir a Casa pelos próximos quatros anos. Em entrevista durante solenidade de posse do desembargador Márcio Murilo como presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Azevêdo ressaltou que não há vitória ou derrota do Governo com a decisão de hoje.


O acordo a que Azevêdo se refere diz respeito a articulação para eleger Galdino presidente no primeiro biênio e Hervázio no segundo biênio. Porém, eleito presidente no 1º biênio, Galdino disputou reeleição e derrotou Hervázio por 23 votos a 13.



(Fonte)

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco