• Redação Mário Sorrentino

João autoriza implantação de sistema de captação e tratamento de água da Vila Regina, em Rio Tinto


O governador João Azevêdo autorizou, nesta segunda-feira (15), o início das obras de implantação do sistema de captação e tratamento de água para abastecimento da Vila Regina, no município de Rio Tinto. O investimento de R$ 1,1 milhão – oriundo do tesouro estadual – irá beneficiar diretamente sete mil pessoas.

A assinatura da ordem de serviço contou com as presenças da vice-governadora Lígia Feliciano, dos deputados estaduais Ricardo Barbosa, João Gonçalves e Buba Germano, de prefeitos e vereadores da região, além de auxiliares da gestão estadual.

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual ressaltou a importância de investir em ações que garantam a segurança hídrica dos municípios paraibanos. A água é fundamental e é uma satisfação estar em Vila Regina e assinar a ordem de serviço para construção da adutora, do reservatório e das estações elevatória e de tratamento; nós podemos assegurar que a Paraíba mantém o ritmo de execução de obras, de ordens de serviço e de manutenção de políticas públicas num claro respeito à população, enfatizou.


O gestor também aproveitou a ocasião para fazer um balanço dos primeiros 100 dias de gestão. Nós tivemos a condição de isentar a cobrança de ICMS para quem consome até 90 kW/mês logo nos primeiros dias de governo, destravamos um empréstimo de US$ 50 milhões junto ao Banco Mundial e iremos injetar mais de R$ 300 milhões na agricultura familiar, aumentamos em 40% o valor do cartão alimentação, dobramos o valor do abono natalino, ampliamos o programa Gira Mundo, lançamos os editais do PAA e do projeto Acolher e investimos mais de R$ 40 milhões para a instalação de 1.300 câmeras e de três Centros Integrados de Comando e Controle em João Pessoa, Campina Grande e Patos com o objetivo de garantir a homens e mulheres que integram as forças de segurança melhores condições de trabalho, completou.

O presidente da Companhia de Águas e Esgoto da Paraíba (Cagepa), Marcos Vinícius, afirmou que a obra deve ser concluída em até dez meses. Serão sete mil pessoas que terão a qualidade da água tratada com as instalações de adutoras e de estações elevatória e de tratamento. As ações do Governo não param e isso só é possível porque o Estado tem equilíbrio fiscal e a Cagepa possui equilíbrio financeiro que garantem o investimento para a população e é uma satisfação levar obras para toda a Paraíba; água tratada é saúde e significa investimento para a vida de todos, pontuou.

O prefeito de Rio Tinto, Fernando Naia, destacou que a implantação do sistema de captação e tratamento de água é uma das obras mais reivindicadas pelos moradores da Vila Regina. As pessoas estavam consumindo água sem a menor condição de tratamento há mais de dez anos; essa ação do Governo é uma realização muito grande para nós e agora veremos esse projeto concretizado, ressaltou.

O sistema de captação e tratamento de água consiste em: adutora de água bruta com extensão de 262 metros; adutora de água tratada, com extensão de 236 metros; estação de tratamento de água com capacidade para tratar uma vazão de 81m³/h; reservatório apoiado com capacidade de 100m³; estação elevatória de água tratada com vazão de 72m³/h; e captação através de bomba submersível.


O cacique geral do povo Potiguara, Sandro Gomes, agradeceu ao Governo do Estado por atender um pedido antigo da comunidade. A água aqui é de má qualidade e essa obra será muito importante para a aldeia Montemor porque teremos uma água de qualidade e o governador está de parabéns; toda a nação potiguara é muito agradecida, disse.

O aposentado João Santos, de 85 anos, disse estar satisfeito com a obra. É bom saber que vamos receber água tratada e fico agradecido com o investimento no município, contou.



Secom-PB

Foto: Francisco França

#joaoazevedo #riotinto #obras

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco