• Redação Mário Sorrentino

Interessados em estágio como corretor de imóveis têm processo agilizado pelo Creci-PB


O Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Paraíba inseriu em seu site, no espaço Canal do Cidadão, um link direto para inscrição de estágio, onde são disponibilizados modelo de requerimento de supervisão e lista dos documentos necessários.


No mesmo link – http://www.creci-pb.gov.br/inscricao-de-estagio/  – também constam conteúdos informativos e de consulta que regulamentam o estágio (Lei do Estágio,  Resolução do Cofeci e Ato do Creci).


Preenchido esse requerimento pelo supervisor do estágio e com os documentos necessários, o interessado deve se dirigir à Sede do Creci-PB ou a uma das Delegacias existentes nas cidades de Campina Grande, Cajazeiras e Patos e dar entrada num processo, que estando devidamente instruído e aprovado pelos setores competentes, é concluído num prazo médio de oito dias, finalizando com a entrega da carteira de estagiário, que é item obrigatório para o exercício do estágio.

A entrega, acompanhada de um exemplar da legislação que rege o Sistema Cofeci-Creci, é feita pelo coordenador de fiscalização Hermano Batista, que no ato tece algumas considerações e orientações sobre o que é permitido no referido período.


Aumento da procura


O reaquecimento do mercado imobiliário tem atraído a procura por registros de estágios. Pablo Pitágoras Maroja de Lima Limeira, de 23 anos e residente na Capital é um desses interessados, que pretende estagiar em uma empresa na Capital.


Aluno dos cursos de TTI e de Direito, ao dar entrada na documentação, ele já demonstrou um foco bem definido, que é iniciar com firmeza e de forma simultânea a abertura desses dois novos horizontes que se descortinam e para ele, se complementam, visto que pretende se especializar em advocacia imobiliária.


Requisitos


O estágio pode ser obrigatório ou opcional, dependendo do cronograma da instituição de ensino em que esteja matriculado, e é através dele que o futuro corretor de imóveis irá interagir com o mercado imobiliário e com profissionais da área, aperfeiçoar seus conhecimentos como estudante, além de conhecer a estrutura de funcionamento de uma empresa, e com isso avaliar em que área ele mais se identifica e em qual irá atuar, se de vendas, locação, loteamentos, imóveis comerciais, lançamentos imobiliários, entre outros.

Concluída a carga horária exigida de estágio supervisionado e o curso de formação, o então técnico em transações imobiliárias deve procurar o Creci, de posse do diploma de conclusão e demais documentos necessários, para recolher as taxas exigíveis e requerer sua inscrição como corretor de imóveis.


Para ser corretor de imóveis é necessário ser maior de idade, ter concluído o ensino médio, concluir e receber o diploma do curso profissionalizante de Técnico de Transações Imobiliárias ou superior de Tecnólogo em Gestão Imobiliária, se inscrever no Creci, ter sua inscrição aprovada e homologada em Plenária e receber sua carteira profissional em solenidade oficial do órgão.

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco