• Redação Mário Sorrentino

Escola Estadual é premiada na Maratona Nacional de Tecnologias Móveis nas Escolas da Unicef e Samsun


A estudante do 1º ano Camilly Bianca de Pontes e a professora Joedna Sabino de Souza da Escola Cidadã Integral Raul Machado, de João Pessoa, foram premiadas pelo aplicativo ‘MapaEdu’ na Maratona de Tecnologias Móveis nas Escolas, promovida pela Unicef e Samsung. A escola foi contemplada com uma gratificação em dinheiro, certificado, tablet, aplicativo na conta do Google Play por tempo indeterminado e registro de software como uma patente. A entrega do prêmio aconteceu, nessa quarta-feira (31), na sede da Samsung em São Paulo.


A Maratona é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e da Samsung, desenvolvida em parceria com a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), por meio do programa Brasil Mais TI. Ao longo de seis meses, estudantes de escola pública, professores, designers e programadores se empenharam em criar apps que se conectam com escolas brasileiras e podem ser úteis para transformar a realidade.


O projeto MapaEdu foi desenvolvido por uma equipe formada por estudantes e uma professora: a aluna do 1º ano Camilly Bianca de Pontes e a professora Joedna Sabino de Souza da Escola Cidadã Integral Raul Machado, os estudantes Adjamilton Júnior, Júlio Coêlho e José Raimundo do Instituto Federal da Paraíba (IFPB).


O ‘MapaEdu’ será uma plataforma móvel educacional que os estudantes poderão usar para aprender e compartilhar conhecimento. Será um jogo de perguntas e respostas capaz de testar o conhecimento e permitir que os usuários exercitem o aprendizado. Haverá, também, um agregador de conteúdo, levando conhecimento aos estudantes por meio de um fórum em que professores e alunos podem interagir e compartilhar conhecimento. O aplicativo tem como objetivo a democratização do conhecimento para garantir a ampliação do seu alcance, e a transformação do aprendizado, para que seja possível ofertar informação de qualidade de uma maneira divertida e interativa para alunos do ensino fundamental.


A professora Joedna Sabino ficou feliz em ver a dedicação dos alunos em um projeto tão importante. “Serei aquilo que sempre quis, uma professora que direciona os alunos para um futuro brilhante. Isso é ato de coragem, mostrar para eles que são capazes”, disse. Para a estudante Camilly Bianca a Maratona foi uma experiência motivadora. “Foi fantástica, uma oportunidade única e de grande importância para mim”, comemorou.

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco