• Redação Mário Sorrentino

Coordenadoria de mulher de Conde realiza ação em alusão ao dia internacional da mulher negra



A Coordenadoria de Mulheres da Prefeitura de Conde em parceria com a Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana, promoveram na manhã desta quinta-feira (25), no Centro de Criatividade Professor Iveraldo Lucena (Núcleo de Cultura), uma séries de ações com exposição fotográfica e palestras em alusão ao Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, celebrado no dia 25 de julho.


De acordo com a Chefe de Divisão de Enfrentamento à Violência Doméstica, Luana Bárbara, “a ação que estamos realizando é de fundamental importância para que as mulheres possam conhecer nomes da nossa história que lutaram por direitos que antes nos eram negados como também trazer para a população uma atividade voltada ao empoderamento da mulher negra no entendimento e garantia de direitos na sociedade”, destacou.


A ação contou com a participação de alunos e alunas da rede estadual e municipal de ensino. A abertura foi realizada pelos índios Tabajaras que dançaram o toré e em seguida o grupo de capoeira do mestre Betinho. Ao final das palestras, os participantes acompanharam a exposição de mais de 40 imagens de jornais, que retratam várias mulheres paraibanas que até hoje são consideradas ícones na luta e conquista, que vão desde o feminismo a inserção da mulher no mercado de trabalho.


Sobre o Dia Internacional da Mulher Negra da América Latina e Caribenha


O dia 25 de julho marca o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. No Brasil, o dia também é em homenagem à Tereza de Benguela, líder quilombola que se tornou rainha, resistindo bravamente à escravidão por duas décadas.


A data teve origem durante o 1º Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas realizado em Santo Domingo, na República Dominicana, em 1992. Ao longo dos anos, a data vem se consolidando no calendário de luta do movimento negro e tem resgatado a luta e a resistência das mulheres negras, bem como cumprido o papel de denunciar as consequências da dupla opressão que sofrem, com o racismo e o machismo. Ainda no mês de julho, é comemorado, no dia 31, o Dia da Mulher Africana.




#conde #diadamulhernegra #prefeitura

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco