google-site-verification=x12ECGCyA0KNTkoWmjRcJ_j75nXlJ8lrVJTTDnmc1zI
 

Ciclos de seminários do PB Rural encerram em Itabaiana



O 13º Ciclo do Seminário de Divulgação e Informações do Programa PB Rural Sustentável foi encerrado nesta quinta-feira (26), no município de Itabaiana. O evento aconteceu na Maison Finesse – Avenida Brasília, 14, com a participação de representantes das cidades de Caldas Brandão, Gurinhém, Ingá, Itabaiana, Itatuba, Juarez Távora, Juripiranga, Mogeiro, Mulungu, Pilar, Riachão do Bacamarte, Salgado de São Félix, São José dos Ramos, São Miguel de Taipu e Serra Redonda.


Os eventos aconteceram das 8h às 12h, nas sedes das cidades de João Pessoa, Cajazeiras, Sousa, Catolé do Rocha, Itaporanga, Patos, Princesa Isabel, Soledade, Sumé, Campina Grande, Cuité, Bananeiras e Itabaiana, e foram realizados pelo Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido (Seafds) e Projeto Cooperar. O PB Rural tem como objetivos discutir as ações, metas e formas de apresentar demandas a serem priorizadas de acordo com os critérios estabelecidos pelo programa.


O secretário de Agricultura Familiar, Luiz Couto, lembrou que os seminários do PB Rural são para divulgar e informar o que é realmente o programa, pois muita gente confunde esse programa com o Projeto Cooperar. “O Cooperar é uma instituição que conduz o PB Rural, que tem como gestor o competente Omar Gama, e uma equipe qualificada e pronta para responder as perguntas de todos vocês. A equipe está aqui para dar informações para que não paire nenhuma dúvida que vocês tiverem com relação ao programa. O PB Rural é um programa importante que vai trazer qualidade de vida para a população do campo e que tem como fundamento cuidar da agricultura familiar e, principalmente, da agricultura familiar agroecológica”, explicou.


O prefeito José Benício de Araújo Neto, do município de Pilar, comentou que os prefeitos, associações e cooperativas devem participar e se habilitar para receber esses recursos, que são importantes para aumentar e melhorar a qualidade de vida daqueles que vivem no campo tão dificilmente, seja pelo clima, pela falta de chuva, incentivo, pelas mãos dos atravessadores, mas ressaltou que o Governo do Estado junto aos municípios tem investido muito na agricultura familiar. “Eu tenho certeza que o PB Rural será um grande sucesso, finalizou parabenizando o governador João Azevêdo, o secretário Luiz Couto e Omar Gama, dizendo que “estamos de mãos dadas para isso acontecer”.


O coordenador geral do Projeto Cooperar, Omar Gama, após fazer explanação acerca das atividades do PB Rural para os 180 participantes, disse que uma população de aproximadamente 165 mil pessoas, o que representa 44,6 mil famílias de agricultores e pequenos produtores rurais, serão beneficiados pelo programa. Omar também lembrou que não haverá necessidades de encaminhamentos de demandas neste momento. Ele advertiu que os R$ 320 milhões que serão investidos no programa, “é um dinheiro que não será a fundo perdido, nós e o Governo do Estado daqui a alguns anos vamos pagar”.

Participaram do seminário o prefeito de Riachão do Bacamarte, Erivaldo Guedes, o vice-prefeito de Ingá, Robério Burity, o secretário de Agricultura, Abastecimento e Pesca de Itabaiana, Sousa Filho, que na ocasião, representou o prefeito do município, Lúcio Flávio, além de agricultores representantes dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável; Organizações de Produtores Rurais (associações e cooperativas); Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STR) e agentes dos Poderes Legislativo e Executivo dos municípios envolvidos.


Após as apresentações das estratégias de implementação do Programa PB Rural, foram realizadas exposições dos técnicos do Cooperar, sobre o Fortalecimento Institucional, pela coordenadora Nalfra Batista; Salvaguardas Socioambientais, pela gerente de Operações, Elisane Abrantes; Acesso à Água e Redução da Vulnerabilidade Agroclimática, pelo técnico João Guilherme; e Alianças Produtivas, pela coordenadora Valdecy Freire.


Em seguida aconteceu uma roda de conversas entre os técnicos do Cooperar e os representantes dos municípios envolvidos, dirigida pela coordenadora do Fortalecimento Institucional, Nalfra Batista. O coordenador de Tecnologia da Informação, Eduardo Vicentin, estava presente.





#seminario #pbrural #itabaiana