google-site-verification=x12ECGCyA0KNTkoWmjRcJ_j75nXlJ8lrVJTTDnmc1zI
 

Cícero promete padronizar todo o transporte público com ar-condicionado, wifi e acessibilidade


O candidato à Prefeitura de João Pessoa pelo Progressistas, Cícero Lucena, disse que, se eleito, vai reorganizar todo o sistema de transporte público de João Pessoa, com ações que incluem a padronização dos ônibus, que passarão todos a ter ar-condicionado, wifi e acessibilidade. Ele lembrou que o serviço é uma concessão pública e chegou a sugerir que pode rever os contratos se os empresários atuais não estiverem dispostos a se adequarem. As declarações foram dadas durante entrevista ao JPB2, da TV Cabo Branco, nesta segunda-feira (23).


Cícero foi o primeiro candidato a participar das entrevistas promovidas pelo JPB2, da TV Cabo Branco, com os dois candidatos que foram para o 2º turno em João Pessoa. Ele não deu um prazo para finalizar essa mudança nos ônibus da cidade, mas garantiu que o trabalho começa imediatamente, tão logo ele seja empossado.


O candidato falou também da pandemia. Disse que João Pessoa precisa de um gestor com experiência, que saiba como resolver os problemas apresentados pela questão, mas disse que não haverá mais lockdown no caso dele ser eleito. E garantiu que as escolas serão imediatamente reabertas, já em janeiro, mas com os cuidados necessários para garantir os protocolos de segurança.

Ainda sobre a questão da educação, Cícero explicou que pretende adotar medidas como o aumento da carga horária das aulas e do período do ano letivo, tudo para minimizar os estragos provocados pela falta de aulas.


Cícero Lucena falou também em transporte alternativo, e disse ser favorário ao trabalho dos motoristas por aplicativos, principalmente porque, segundo ele, essa é uma forma de modernizar o setor. Ponderou que a Prefeitura pode fazer as exigências que forem necessárias, mas pregou o diálogo para buscar soluções.


É também na base do diálogo, a propósito, que ele pretende resolver a questão dos camelôs. E deixou claro que a sua política de colocar os vendedores em shoppings populares, tal qual ele fez nas suas duas primeiras gestões, vai ser retomada.

Por fim, comentou que as alianças não estão condicionadas aos cargos. Que pretende respeitar o cidadão na hora de definir as alíquotas de impostos urbanos, e minimizou o fato de seu filho ser o vice-prefeito eleito de Cabedelo, ponderando que o que ele quer mesmo é uma interação mais próxima para fazer a região da Grande João Pessoa crescer.




Fonte: G1