google-site-verification=x12ECGCyA0KNTkoWmjRcJ_j75nXlJ8lrVJTTDnmc1zI
 

Categoria dos auditores fiscais do trabalho repudia fala do ministro Paulo Guedes


A categoria dos Auditores Fiscais do Trabalho repudiou com veemência dos ataques proferidos pelo Min. da Economia Paulo Guedes, nesta sexta-feira, contra os servidores públicos. Paulo Guedes afirmou que os servidores públicos são parasitas que vivem em hospedeiro pedindo aumento anual de salários. A declaração do Ministro foi dada em palestra na Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas (FGV EPGE) no encerramento de um seminário sobre o Pacto Federativo.


Segundo o Presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais do Trabalho na Paraíba, Einstein Almeida, a categoria compreende que a afirmação é desmedida, injusta e incompatível com o decoro exigido para quem ocupa cargo de altíssima relevância! A sociedade precisa ter acesso a verdade! Notícias falaciosas estão sendo desferidas, diariamente, com intuito de jogar a sociedade contra os servidores públicos!


“O Governo Federal arrecadou R$ 1,537 trilhão com tributos em 2019. A proposta de orçamento para o exercício de 2019 prevê gastos com pessoal da ordem de R$ 326,9 bilhões, com impacto financeiro em 2019 estimado em R$ 325,9 bilhões, incluindo inativos e pensionistas da União e outras despesas relacionadas a pessoal”, segundo Einstein Almeida. Nestes termos, enfatizou a inverdade, quando se afirma que o orçamento federal tem 90% destinado ao pagamento de servidores públicos! Em verdade, o comprometimento do orçamento com pagamento dos servidores é da ordem de 20%, enfatizou o dirigente sindical.


O quadro de engodos prossegue, quando o Ministro Paulo Guedes afirma que os servidores têm reajuste salarial anual. Contradizendo o afirmado, o Representante Sindical disse quer Paulo Guedes quer induzir a sociedade a acreditar, entre outras barbaridades, que o servidor recebe reajuste salarial automático, no entanto, o último acordo negociado com o governo data de 2015. Esta é a verdade, frisou Einstein Almeida.


É preciso alertar a sociedade de que o enfraquecimento do serviço público traz graves consequências à população! No caso específico da Auditoria Fiscal do Trabalho, o enfraquecimento desta categoria significa o aumento da informalidade, o vertiginoso crescimento do número de acidentes de trabalho e o retrocesso das políticas públicas de inclusão de pessoas com deficiência e jovens aprendizes! A categoria dos Auditores Fiscais do Trabalho ressalta o caótico quadro enfrentado pelo INSS, que tem causado sérios danos à população e ao próprio Governo, pela péssima imagem decorrente dos lamentáveis fatos vivenciados, por diversos brasileiros, que estão sendo prejudicados pela ausência de atendimento.


“Proporcionalmente somos um dos países com menos números de servidores públicos. Nossos índices estão bem abaixo dos países desenvolvidos”, enfatizou o dirigente sindical. A sociedade brasileira precisa exigir um serviço público, cada vez mais, forte! Os maiores beneficiados por um serviço público de qualidade é a própria sociedade.




(Fonte)


#repudio #auditor #ministro #pauloguedes #einsteinalmeida