• Redação Mário Sorrentino

Auxílio de R$600: Saiba quem vai RECEBER a 2ª parcela primeiro


Nesta segunda-feira (11) há uma grande expectativa em torno da segunda parcela do auxílio emergencial no valor de R$600. Acontece que o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, confirmou que o calendário da segunda parcela do auxílio emergencial de R$600 vai sair no início desta semana.


Ou seja, há uma grande possibilidade de o cronograma ser publicado ainda nesta segunda-feira (11) ou amanhã, terça-feira (12). Os pagamentos estão previstos para serem iniciados ainda nesta semana. Você sabe quem vai receber a 2ª parcela primeiro?


Primeiramente, o início do pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial estava previsto para o dia 27 de abril. O governo ainda chegou a antecipar para o dia 23. No entanto, o governo optou por cancelar a antecipação.


De acordo com nota divulgado pelo governo, por fatores legais e orçamentários e pelo alto número de solicitantes que ainda estavam em análise, o ministério ficou impedido legalmente de fazer a antecipação da segunda parcela do auxílio.

O Governo pretende pagar da seguinte maneira:


  • Primeira rodada: quem nasceu em janeiro e fevereiro

  • Última rodada: quem nasceu em novembro e dezembro.


De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, no último calendário, o da primeira parcela, paga em abril, não houve a divisão conforme proposta para segunda rodada de pagamentos.


Pagamento da segunda parcela mais tranquilo


O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, prometeu que o pagamento da segunda parcela de R$600 do auxílio emergencial será “mais eficiente”.

“O segundo lote será feito de maneira muito mais eficiente, porque já temos a base das pessoas que receberão [os pagamentos]. Uma parte relevante do que a gente estava pagando eram pessoas que a gente ia montando dentro da base de dados. E, para não esperar um mês para começar a pagar, fomos pagando as pessoas sendo analisadas”, afirmou.


De acordo com Pedro Guimarães, “na segunda parcela, poderemos pagar de maneira diferente. Estamos discutindo com o Ministério da Cidadania, mas uma maneira onde já temos a base de dados. E a grande maioria das pessoas terá essa organização com datas espaçadas, ou seja, não faremos a forma de pagar janeiro e fevereiro em um dia ou maio e junta em outro dia. Porque pagar 20 milhões de pessoas que tenham um conhecimento muito baixo da questão de tecnologia acabava gerando demanda muito grande”, acrescentou Guimarães.



(Fonte)


#auxilioemergencial #caixa #ministro

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco