• Redação Blog Mário Sorrentino

Após três semanas foragida, mulher de Queiroz se apresenta à polícia para cumprir prisão domiciliar


Após três semanas foragida da polícia, desde 18 de junho, Márcia Aguiar, mulher de Fabrício Queiroz, se apresentou à polícia na noite de sexta-feira (10) e já se encontra em prisão domiciliar. As informações são da Folha de S. Paulo.


O presidente do STJ, João Otávio de Noronha, atendeu pedido da defesa de Queiroz e concedeu a prisão domiciliar para Fabrício e Márcia. O ministro alegou que a mulher do ex-assessor deve acompanhá-lo no tratamento de um câncer.


Fabrício, ex-assessor do então deputado federal e atual senador Flávio Bolsonaro, também deixou o complexo penitenciário de Gericinó na noite de sexta (10), onde estava preso desde 18 de junho. Ele foi para Taquara e agora vai cumprir a prisão ao lado da esposa com o uso de tornozeleira eletrônica.

O Ministério Público do Rio descobriu o paradeiro de Queiroz graças às mensagens encontradas no celular de Márcia. O ex-assessor foi preso em Atibaia, interior de São Paulo, na casa do advogado Frederick Wassef e é acusado de participação no esquema de “rachadinha”, devolução de salários de assessores parlamentares do então deputado federal Flávio Bolsonaro. O Ministério Público do Rio descobriu o paradeiro de Queiroz graças às mensagens encontradas no celular de Márcia.




#queiroz #preso

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco