• Redação Blog Mário Sorrentino

Ana Cláudia visita Instituto São Vicente de Paulo e assegura que apoio a entidades filantrópica...


Ana Cláudia visita Instituto São Vicente de Paulo e assegura que apoio a entidades filantrópicas de Campina será constante em seu governo



A candidata a prefeita de Campina Grande Ana Claudia (Podemos-19), da Coligação ‘Novos Tempos, Novas Soluções’, visitou o Instituto São Vicente de Paulo, localizado às margens do Açude Velho, onde ressaltou a importância dos serviços prestados pela entidade. Ela apresentou suas propostas e garantiu também repassar em dia as subvenções sociais, que vem sofrendo diversos atrasos na atual gestão municipal. Para Ana, o apoio do poder público a entidades filantrópicas da cidade vai ser algo permanente em sua gestão.


Segundo a candidata, é preciso que as autoridades se sensibilizem, para que o apoio às entidades não ocorra como atualmente, somente em cima das eleições, mas de uma forma constante, durante toda a gestão. “Estou concluindo agora, ao lado de Wellington, uma visita ao Instituto São Vicente de Paulo, onde fomos recebidos pela irmã Bernadete e tivemos a oportunidade de conversar sobre as necessidades da instituição e reafirmar nosso apoio, como prefeita de Campina, ao trabalho que é feito aqui, que acolhe 75 idosos!”, disse Ana, por meio das suas redes sociais.

Conheça algumas propostas de Ana Cláudia para as instituições filantrópicas de Campina:


  • Garantir o repasse das subvenções sociais das entidades filantrópicas da cidade;

  • Apoiar campanhas sociais promovidas pelas entidades filantrópicas da cidade para a arrecadação de recursos para sua manutenção;

  • Implementar a Política do Paradesporto de Campina Grande;

  • Retomar o programa de fornecimento de órteses, próteses, meios auxiliares de locomoção, medicamentos, insumos e fórmulas nutricionais;

  • Ampliar as vagas para intérpretes de libras e inserir o cargo de profissional brailista nos concursos públicos, para garantir maior acesso a comunicação inclusiva

  • Garantir à pessoa com deficiência atendimento domiciliar pelo serviço público de saúde, pelas entidades da rede socioassistencial integrantes do SUAS – Sistema Único da Assistência Social, ou por qualquer órgão público, em razão de sua limitação funcional e de condições de acessibilidade, observando-se os procedimentos previstos no Art. 95 da LBI;

  • Realização de um censo quantitativo e qualitativo da pessoa com deficiência para diagnosticar as reais condições sociais e subsidiar a elaboração de políticas públicas.



Veja as demais propostas de Ana Cláudia para Campina Grande no site da candidata (no link: http://www.anaclaudia19.com.br/geral/planodegoverno.php).

© 2017 por Mário Sorrentino. Orgulhosamente criado pela Equipe.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco